Thursday, 6 March 2008

David Choe na Lazarides Gallery




Até que enfim que consigo ver uma exposição do David Choe.

Adoro a maneira como este lunático americano trata os temas da sociedade de hoje em dia, dando-lhe um cunho muito pessoal (e violento) e transformando papel ou tela ou parede em expressões bombásticas, que a muitos repulsa, mas que eu idolatro.

David pinta com canetas de feltro, com guache, com carvão, mas também como próprio sangue, com urina misturada com molho de soja (esteve preso na China e decorou as paredes da sua cela dessa forma).

Está até dia 28 de Março na Lazarides Gallery, mas também na rua adjacente, em dois murais agressivos e que fazem muitas cabeças girar. Apareçam por lá, sff.

PS - A francesa FAFI acaba de lançar pela MAC uma linha de cosmética dedicada a todas aquelas meninas que gostam de se evidenciar no meio da multidão. Cores berrantes e muito "glitter" à mistura, que já está a bater recordes de vendas pelo mundo inteiro...

3 comments:

Boo said...

Tenho pena de nao ter ido ver, mas parece o meu genero de arte, eu a serio que gostava de ter uma casa cheia de arte nas paredes onde eu pudesse sentir me creativa o tempo inteiro!

Lua said...

Juro que tu és o meu Time Out pessoal :)

Tara said...

Well written article.