Friday, 11 April 2008

Estamos bem, estamos!!!

Estava eu a dizer no post anterior que a história do café obtido a partir dos excrementos do gato parece mentira se por acaso não fosse verdade, e eis que leio esta notícia no Sapo que me deixa verdadeiramente de cabelos em pé:

"Porto, 11 Abr (Lusa) - A Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) apresentou queixa ao Ministério Público e à Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERCS) contra a forma como a comunicação social exibiu publicamente o vídeo filmado na Escola Carolina Michaelis, do Porto.

A informação, que foi hoje avançada pelo Rádio Clube Português, foi parcialmente confirmada pela directora regional, Margarida Moreira, que admitiu à agência Lusa ter apenas feito uma "participação às entidades competentes" para apurar se a forma como foi usado o vídeo "é ou não adequada".

A directora regional acrescentou que por várias vezes "já desabafou sobre o assunto", considerando que a exibição daquele vídeo, sem proteger a identidade dos envolvidos, não foi adequada.

O filme em causa mostra uma aluna da turma 9ºC daquela escola a maltratar a sua professora de Francês em plena sala de aula, depois da docente lhe retirar o telemóvel.
O vídeo foi filmado por um colega de turma, que posteriormente o colocou na Internet, designadamente no YouTube.

De acordo com o Rádio Clube Português, Margarida Moreira considera ilegais e violadoras da privacidade dos envolvidos as imagens exibidas por vários órgãos de comunicação social.
A directora regional, acrescenta aquela rádio, "não quer acreditar na falta de profissionalismo dos jornalistas".
Margarida Moreira considera mesmo "que há uma campanha contra a escola pública"."

MAS ESTA GENTE EM PORTUGAL ESTÁ TODA ESTUPIDA????
Então o video não foi metido no YouTube pelo puto que o fez, disponibilizando-o para todo o mundo ver? Será que a idiota da DREN vai meter em tribunal todos os órgãos de comunicação social que divulgarem o video, inclusive programas como os que dão aqui em Londres com os melhores videos sacados do YouTube?

Será que essa senhora não está com o cu apertado por somente assim se saberem de agressões como estas?

Já agora só faltava a miuda meter a professora em tribunal por lhe ter roubado o telemovel!!!!

6 comments:

Boo said...

ahahah, e so para tapar o problema real, realmente e um bocado triste para a professora envolvida continuar a ver as imagens de abuso, mas por outro lado serve para mostrar que os professores estao abertos a este tipo de insultos e que devem ser melhor protegidos!

Lua said...

Estamos a ficar nanny state também

Acho isto uma tristeza :(

Não concordo com a educação de há uns 20 anos mas concordo ainda menos com o desrespeito que as crianças (e os pais) têm pelos professores. Quando andava na escola a mentalidade era a de que os professores eram os teus pais quando os teus pais estavam a trabalhar.

Agora?!... andam os pais a pau e a pedra porque alguém levantou a voz ao menino...

A miúda do tele devia ter sido expulsa num piscar de olhos. Os pais deviam ter sido chamados à escola para receberem um raspanete e avisos para melhorem educaram a criancinha. Ponto final.

O que é que interessa que ela tenha aparecido nas notícias? Parece-me que vergonha não tem nenhuma e atenção quer muita. Que lhe sirva de lição.

Once said...

Bem postado.
Dei uma gargalhada ao ler isto

nibs said...

Tenha sido ou não divulgado, mixado, cozinhado de novo e dado a servir na internet, a ser apresentado na televisão, o vídeo deveria ter respeitado sempre as regras do que se espera de um serviço público... Fora tudo o que aparece no Youtube ser servido à hora de jantar na televisão estava o país um bocado perdido...

Joana said...

sim, houve um problema, wask...a primeira vez que a rtp exibiu o video (eu vi) nao distorceu a cara das pessoas envolvidas (há sempre o sigilo profissional)...mas, no imediato, apresentou desculpas, e corrigiu o erro...no resto de acordo!!

Fernando Colaço said...

Next: Pais processam Youtube, a Escola e a TV por dar uma má imagem da filha... sem se preocuparem que o problema partiu da parte da educação dela pela qual são ou deviam ser responsáveis.

Confesso que fiquei chocado quando vi o tal video da "gaiata". Tanto com ela como com os colegas em geral e principalmente o cameraman. Tenho 30 anos mas na altura do meu nono ano, mesmo existindo bastantes brincadeiras e pessoal mais rebelde, este tipo de falta de educação era impensável...

Já agora: Mais alguém ficou com uma vontade incontrolável de dar dois (ou mais) estalos á "gaiata" ao ver o video?