Sunday, 6 April 2008

Your vote DOES count!!


Ontem vi uma reportagem na BBC sobre uma associação de apoio aos polacos que vivem na Greater London em que realizaram um torneio de futebol-de-5 para os seus conterrâneos, com o proposito de os sensibilizar para votarem nas eleições de 1 de Maio.


Achei fabulosa a sua atitude. Numa cidade tão cosmopolita como Londres, seria impensável que os estrangeiros que nela vivem não tivessem voz nos seus destinos. Pagamos os nossos impostos, ajudamos na economia, usamos os seus serviços, por isso temos o direito ( o DEVER) de votar!


Pessoalmente registei-me para votar assim que mudei para esta casa e já votei por correio uma vez. Desta vez vou exercer o meu direito de voto na Polling Station da minha área.


Não sei quantos dos meus leitores vão fazer o mesmo, mas ninguém pode criticar o sistema se não fizer parte dele. Estou farto de ver amigos lisboetas que criticam as políticas governamentais mas não teem paciência de irem votar. Como podem então mostrar o seu desagrado?


Eu, por mim, vou votar de acordo com o que penso estar bem ou mal no local onde resido. E sei que a minha voz é ouvida.

1 comment:

jojo said...

em lisboa (ou portugal) manifesto o meu desagrado não indo votar porque a abstenção também ilustra o estado das coisas.
não acredito em votos em branco, já tenho ido votar "bonecos" no boletim de voto e já feito o "voto util" para não dar o meu voto a este ou àquele.
Quando foi o referendo sobre o aborto voei de propósito para portugal para votar SIM porque não fui votar num politico mas sim, dar força a um direito.


Não ir votar não é assim tão mau se os candidatos forem todos péssimos.
E o não-voto tambem é um voto.


Aqui em inglaterra é que a abstenção não é contada.