Monday, 12 January 2009

Observações após duas semanas em Portugal...

- Continuam os engarrafamentos a qualquer hora do dia e os autocarros vão vazios;
- Não se consegue estacionar em lado nenhum, mesmo pagando parquimetro;
- Continua a conduzir-se como loucos e a não ter a minima consideração pelos restantes automobilistas;
- As lojas estão cheias de gente mas as filas para pagar são inexistentes (ou curtas);
- O nível de vida está muito por baixo;
- Anda tudo doido por uma marca de pulseiras rasca que vende pecinhas que mais parecem brindes do Bolo Rei;
- Os quatro canais só dão lixo;
- As noticias da TVI estão cada vez piores, metem mesmo nojo;
- O país parece hipnotizado pela palavra "comediantes", elevando a deuses pessoas sem o minimo profissionalismo, qualidade ou gosto.

De certeza que me vou lembrar de mais coisas, mas no entretanto aqui ficam...

20 comments:

Marshmallow said...

Concordo a 100%. Infelizmente as pessoas que lá vivem nem se apercebem...

Renato said...

é assim marshmallow, nos os que "lá vivem" somos todos tapadinhos...

Lua said...

hehhe... não resisti! Mas marshmallow, a sério pá! tem lá cuidado!

Por aqui também parvoíces deste tipo mas é mais comum dever-se dinheiro. Digamos que é assim um estado de evolução de débito mais avançado.

Tirando isto tudo, é uma pena que PT esteja assim tão mal :(

Lua said...

Obvimante estava só a comentar a parte financeira! Em Lx não estavam a pensar introduzir a congestion charge? Espero que sim! Mais que não seja para ver o pessoal a espumar de raiva :)

Noiva Judia said...

Não podias ter mais razão...

Marshmallow said...

Espero que o Wask não me leve a mal, afinal é o blog dele, mas não posso evitar...
"Mas marshmallow a sério pá!" e "tem lá cuidado!":
Andamos juntas na escola e eu não dei por nada, foi?

Paulo said...

Bem não esperava estes comentários da tua parte mas parece que o sindroma do emigrante já te apanhou, então em Londres não há transito a qualquer hora e estacionar não é também impossível? Não sei em zona andas mas os autocarros em Lisboa estão sempre cheios e eu nunca tenho problemas em estacionar...há sempre um lugar ou um parque perto...em Londres nem dá para parar quanto mais estacionar...eu ja´conduzi em vários países da Europa e acho os portugueses os mais cordiais e menos agressivos (experimente Madrid e vais ver o que é falta de consideração) e salvo algumas excepções, cumpridores apesar de um pouco aceleras :)
A Pandora e semelhantes é uma moda como outra qualquer e não é exclusiva de Portugal até porque só chegou cá há pouco tempo.
Há pouco tempo estive em Londres e o que vi foram as lojas com pouca gente à semelhança de Lisboa...
Quanto aos 4 canais só darem lixo não sei porque praticamente não vejo televisão e a que vejo é na cabo mas porquê? os canais ingleses são todos maravilhosos e com excelente progaramação? Se quando te referes a "comediantes" está a pensar nos GF (por serem os mais mediáticos) não sei se acompanhas mas infelizmente são eles practicamente os únicos (e agora os comtemporaneos) a fazerem critica social e politica e muit bem feita na minha opinião (mas tu só deves gostar de Monty Python :)
Quanto ás noticias da TVI tens razão.
É por receio de ficar com esta mentalidade que adio a minha saída de Portugal pois apesar de saber que existe muita mediocridade, mau gosto e "saloíce" a todos os níveis, este País tem muita coisa boa e os emigrantes não o merecem...estranho é que assim que podem venham para cá a correr e "espetarem-se" com as "carrões" que compram com o dinheiro que juntaram a comer pão e água todo o ano.

Wask said...

Olá Paulo. Em primeiro obrigado por comentares e dares a tua opinião. Porque apesar dos pesares, não passa mesmo disso: a tua opinião. E agora vou dar-te a minha: Gente acomodada e a pensar que Portugal está na mesma que as outras cidades europeias é o que fez Portugal ficar como está, sem vontade de mudar, de trabalhar para ser melhor. O ideal é mesmo olhar em volta e encolher os ombros porque há casos iguais ou piores, não é? Quanto a não esperares estes comentários, será que me conhecias quando vivi em Portugal 32 anos? Sim, porque eu vim para Londres já depois de um curso superior, de um emprego estável, de casa própria e de carro de "cilindrada" aceitável. E ainda não estou na fase de comer pão e água para mostrar em Portugal que estou cheio de dinheiro... sabes que o estereótipo do emigrante provinciano em Inglaterra e França já acabou, pelo menos que eu saiba vai para duas décadas... agora quem emigra são as grandes cabeças e aqueles que querem ver Portugal bem falado no Mundo, seja vivendo em Moimenta da Beira, Nova Iorque ou Tóquio. Pelos vistos a mentalidade de quem fica é que precisa de um certo arejar...

Boo said...

Oh Paulo, eu penso que o objectivo nao destruir a imagem de Portugal, ate porque o Wask tambem tem feito criticas a situacoes encontradas em Inglaterra. Mas e impossivel nao ter uma opiniao em certas situacoes que se passam no nosso pais, e e isso mesmo o nosso pais. La por sermos emigrantes nao somos piores dos que decidiram ficar em Pt, e o esteriotipo de emigras que comem pao e agua para poupar e terem grandes vidas em Pt ja existe pouco. Ja conseguimos ser um pouco mais avancados que isso. Ca nem tudo e melhor como nem tudo e pior e diferente e natural fazermos comparacoes, secalhar quando um dia voltarmos para o nosso pais(que nao merecemos), faremos comparacoes com a inglaterra e diremos:"isto em portugal funciona melhor, etc". Eu sei que notei por exemplo na zona do saldanha haver filas interminaveis de carros e realmente posso confirmar que os autocarros que passaram por mim nao iam cheios como os vemos aqui, mas tambem nao estamos a generalizar que os autocarros NUNCA vao cheios.
Posso confirmar que quando eu cheguei a londres disse tantas coisas contra o meu pais e a favor deste que era pouco natural, mas a angustia de viver num pais que nao te deixa desabrochar deitou-me abaixo. Hoje em dia consigo balancar a opiniao de um pais e outro racionalmente e justificadamente. A crise tem apanhado o mundo inteiro por isso nao e de estranhar que consigas ver as lojas vazias num lado e outro. Ate te digo mais, nao me parece que neste post tenha havido uma comparacao entre PT e GB, tu tomaste-lo pessoalmente como um ataque ao teu pais, quando na realidade este tambem e o nosso pais! Pergunto-me quantas vezes criticas a forma como as coisas sao feitas em portugal, e como se devia mudar?
Teremos menos direito de o fazer pelo facto de estarmos fora?

Paulo said...

Wask eu sei que o tipo de emigrantes tem vindo a mudar e que grande parte deles são licenciados e por isso iniciei o meu comentário dizendo que não esperava este tipo de observações vindas de ti, que ao acompanhar o teu blog já deu para saber mais ou menos que não fazes parte do mencionado estereótipo e não me digas que o mesmo já acabou...vai ao norte de Portugal e vais ver que está bem vivo! E agora são os mais novos principalmente da Suíça, França e Alemanha...ainda este ano vi muitos "azeiteiros" na casa dos 25/30 anos e de certeza que não eram as "grandes cabeças"...
Bem há de tudo, não é? Talvez tenha de passar mais tempo em Londres e depois sinta o mesmo que tu...não leves a mal e apesar de tudo continuo a achar que exageraste um pouco ou eu então sou eu que não quero aceitar que este país esteja mesmo perdido :)
Um abraço e votos que da próxima vez que vieres as coisas estejam melhores...
Paulo

Lua said...

Marshmallow, o Wask não se importa. Ele é assim um rapazito forte e inteligente e entende e fala bem Português.

Mas afinal qual é o teu problema? 'Andamos juntas na escola?' Não minha querida, não andamos. E deixa-me que te diga que, devido ao teu segundo comentário (ou reacção), ainda bem que não. Pelo menos até reagires de uma forma adulta.

Lua said...

Paulo, só gostava de deixar aqui umas ideas. Sabes, eu venho de uma família de 'azeiteiros' como lhes chamas. Sou do norte e parte da minha família está na Suiça. Toda ela sem educação mínima, quanto mais superior. Toda ela com casas boas em PT e muitos com mercedes. Nenhuma dela a pão e água como dizes tu e nenhuma dela a criticar PT como parece que pensas tu.

Estou um bocadiho farta desta noção que as pessoas têm porque é errada. Sim, façam lá pouco da roupa e do ego, mas quem é que em Portugal, dinheiro consegudo lá fora ou lá dentro, não deixa o ego encher sem limite quando ganha mais dinheiro?

Estes azeiteiros foram para fora de Portugal porque as condições de trabalho são melhores lá fora do que são em Portugal - pura e simples. Provavelmente precisas de sair para descobrir isto. Vens de uma terra qualquer em educação? Porque se não, acho que não tens a mínima noção do que é ser do interior do norte, onde a falta de educação está bem presente de geração em geração. E se não, então deverias ter educação o suficiente para entenderes estas razões.

Segundo, e tal como disse a Boo, parece-me um facto bastante comum o português em Portugal achar que o português fora de Portugal já não pode comentar acerca de PT. Juro que gostava de entender porquê. Mas será que cometi uma traição por sair? Fiquei mais estúpida por sair? Deixei de ter família e amigos por sair? Não. Saí porque quis e não porque precisava. E continuo a ser Portuguesa, mais inteligente (sim, porque aprendes quando sais de qualquer lado e andas pelo mundo), informada. E repito, continuo a ser Portuguesa. Por isso critico o que há para criticar, seja cá ou lá.

Marshmallow said...

Lua :É muito engraçado pedir "reacção adulta" aos outros quando nós próprios não a temos. "Tenho cuidado"? Porquê? Mantenho cada letrinha do meu 1º comentário.Eu não tenho problema em RESPEITAR a opinião dos outros. Só gosto é que respeitem as minhas também!

Lua said...

Ouve lá rapariga, agora a sério! 'Tem cuidado' significa (e é triste ter de explicar porquê) que juntar uma população inteira 'no mesmo saco' nunca é boa idea. Logo, a reacção do comentário a seguir.

Reacção adulta não tiveste coisa absolutamente nenhuma, coisa que está bem clara no teu terceiro comentário. Eu não desrespeitei o teu comentário. Disse-te somente e metaforicamente (mas juro que pensei que fosses inteligente o suficiente para o entenderes) que achava que devias ter cuidado com blabla no mesmo saco.

Agora estás a fazer figura de ursa e é melhor parar mesmo por aqui porque já me basta trabalhar com putos todos os dias. Era só o que faltava ter aturar adultos que não sabem ler nas entrelinhas e ficam todos ofendidos por isso.

Paulo said...

Lua, eu sou de Lisboa mas também tenho muitos "azeiteiros" na familia que vivem na Suiça e em França que também não têm educação e têm mercedes e boas casas por isso sei do que falo mas p.ex não consigo ter uma conversa com eles pois o tema é sempre o mesmo: "lá na suiça isto e aquilo...lá na França é muito melhor..." (por isso comecçou este comentário por não esperar que o Wask usasse um discurso semelhante e só isso) e a questão do pão e água era uma caricatura pois sei que já não é tanto assim...não quero ferir susceptilidades pois sei muito bem que às vezes é preciso procurar uma vida melhor que a que o nosso país permite (especialmente para quem não tem cunhas nem padrinhos).
Dou muito valor a quem deixa tudo para tentar melhorar a vida mas mais uma vez digo que não suporto a atitude de alguns emigrantes...

CherryBlossom said...

Concordo nalguns pontos, noutros nem tanto:

- Continuam de facto os engarrafamentos. Sempre. Mas os autocarros não vão vazios. Já viste bem o 36 à hora de ponta? Mas sim, usa-se demasiado o carro em Lisboa. Penso que se se aplicasse uma congestion charge como em Londres e se o metro abrangesse mais áreas este problema ficava em parte resolvido.

- Consigo estacionar sempre na primeira rua à direita de quem desce a Av. da Liberdade. Pagando parquímetro claro.

- Conduz-se como loucos como em qualquer grande cidade.

- A última vez que estiva na Zara do forum almada estive 10 min na fila para pagar.

- O nível de vida está de facto muito por baixo.

- As pulseiras é moda geral. Tambem anda tudo doido por elas em Madrid. Eu que nem lhes achava muita piada recebi uma plo natal. Que remedio se nao usá-la e acostumar-me a ela porque agora já sei que nos proximos 25 aniversarios vou andar a receber os tais brindes de bolo rei pa preencher a dita cuja! eheheh

- Os canais generalistas são lixo. Mas em Madrid também são.

- Nem comento as noticias da tvi. É outra novela.

- Quanto aos comediantes não sei, não reparei. Mas gosto de alguns sketches dos contemporaneos.

Hasta luego!

Lua said...

Paulo, tens toda a razão porque é claro que existem sempre esses. Mas olha, se vieres um dia a Londres eu posso-te mostrar uns quantos que cá vivem que substituem Londres por Lisboa, e.g. em Lisboa é muito melhore, em Lisboa come-se melhor, em Lisboa vive-se melhor.

Respondi-te porque acho que os 'emigrantes' estão a mudar e muito. A emigração hoje em dia é bastante diferente daquela de há uns anos. Também porque acho que aqueles que emigram são muitas vezes criticados por aqueles que ficam (claro está que não por todos). Se critico algo em Inglaterra ouço 'porque é que foste para lá?' e se critico algo em Portugal ouço 'agora vens de lá e pensas que és melhor do que isto'. Preso por ter e não ter cão. Contudo, acho que não perdi a minha capacidade de raciocínio só porque emigrei, entendes?

E também devo andar numa semana de ódio às generalizações :)

Marshmallow said...

Lua, "agora a sério"? Então " a sério pá! " não era a sério, era a brincar? Em que é que ficámos? Parece-me que não sou eu que não sei ler, mas sim tu que não sabes escrever!!! E tens razão, vamos mesmo ficar por aqui. Não porque tu o dizes, mas porque eu não gosto de perder o meu tempo com pessoas mal formadas!

Renato said...

bom debate que aqui vai....

Lua said...

O melhor que se pode ter com pessoas com comportamentos autistas Renato. Ou sem conhecimento de expressões portuguesas :)